Filme sobre o Sagrado Coração de Jesus será reexibido no Brasil

“Coração Ardente” ganhou o prêmio principal do 35° Festival Internacional de Cinema Católico “Niepokalana 2020″, em Varsóvia

Adam Jan Figel | Shutterstock

Por ACI Digital

A Kolbe Arte Produções anunciou que o filme Coração Ardente, que estreou nos cinemas do Brasil em fevereiro de 2022, será reexibido nos dias 5 e 6 de junho por ocasião do mês solene dedicado ao Sagrado Coração de Jesus.

Em um formato que mistura documentário e drama, o filme fala sobre a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e as promessas feitas à santa Margarida Maria Alacoque e ao beato Bernardo Hoyos, enquanto conta a história ficcional de Lupe Valdéz (Karyme Lozano), escritora que enfrenta dificuldades para fazer seu trabalho. Ela conhece a jornalista María (María Vallejo-Nágera), perita em mistérios que lhe mostra a devoção ao Sagrado Coração de Jesus e a instiga a se aprofundar e conhecer mais essa história.

“Coração Ardente” ganhou o prêmio principal do 35° Festival Internacional de Cinema Católico “Niepokalana 2020″, em Varsóvia (Polônia). No evento, o júri afirmou que o filme “revela ao mundo de hoje que o culto ao Sagrado Coração de Jesus não só pertence à História, mas que continua a ser uma grande esperança para o homem contemporâneo”.

O filme é o segundo de uma trilogia produzida na Espanha pela Goya Producciones e distribuída pela Kolbe Arte Produções no Brasil, também composta por “Fátima – O Último Mistério”, lançado em 2018, e “Coração de Pai”, que estreou no Brasil em março deste ano.

“Coração Ardente” foi lançado originalmente na Espanha em 2020. Além disso, já foi na Polônia, França, Alemanha, Estados Unidos, México, assim como em outros países da América Latina.

A nova exibição do filme no Brasil acontecerá nas cidades de Aracaju (SE), Recife (PE), Natal (RN), Maceió (AL), Salvador (BA), Itabuna (BA), Curitiba (PR), Londrina (PR), Campinas (SP), São José dos Campos (SP), São Paulo (SP), Taubaté (SP), Niterói (RJ), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Uberlândia (MG), Vila Velha (ES), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Goiânia (GO), Brasília (DF) e Taguatinga (DF).

Artigo anteriorPapa Francisco pede que a voz do embrião seja ouvida a partir da ciência
Próximo artigoSanto do dia 26 de maio: São Filipi Néri