"Um coração que pulsa por você" é um momento de oração e fé apresentado por Frei Almir da Silva (foto) toda sexta-feira, às 15h. Devido à pandemia, a veiculação do encontro é feita pelas redes sociais com o objetivo de levar a muitos lares momentos de reflexão e divulgação do grupo Apostolado da Oração, do qual ele é assistente espiritual. Também durante o encontro, é dada a bênção da saúde ou a tradicional bênção dos capuchinhos.

">
16 de junho de 2020

Um coração pulsa por você na Igreja dos Capuchinhos

Frei Almir da Silva apresenta semanalmente um encontro virtual de reflexão, oração e fé

Um Coração Que Pulsa Por Você 5

Frei Almir: “Maior aproximação com os paroquianos durante a pandemia”

Por Emilton Rocha / Fotos: Alerrandro Teófilo

“Um coração que pulsa por você” é um momento de oração e fé apresentado por Frei Almir da Silva toda sexta-feira, às 15h. Devido à pandemia, a veiculação do encontro é feita pelas redes sociais com o objetivo de levar a muitos lares momentos de reflexão e divulgação do grupo Apostolado da Oração, do qual ele é assistente espiritual.

– Cada intenção enviada a nós é atendida com carinho e fé, e cada participação é um motivo de alegria, por saber que este momento está sendo dividido com tantas pessoas e que, mesmo sem se conhecerem, formam a igreja de Cristo que se une pela oração e pela fé, e que se deixa guiar pela cabeça que é o próprio Cristo Jesus – resume o frade. Esse encontro, que é realizado desde março, é transmitido ao vivo pela página do Facebook e pelo Youtube, canais do Santuário Basílica de São Sebastião.

Ele já faz planos para o pós-pandemia: “estaremos juntos pessoalmente contando nossas experiências pessoais, unidos e não mais afastados pela tela de nossos computadores, TVs ou celulares, voltando a nos abraçar e a olhar uns nos olhos dos outros reconhecendo o quanto cada presença é importante nas nossas vidas”. E exorta todos que o acompanham semanalmente para que divulguem os canais de comunicação do Santuário e que mais pessoas possam estar juntas em oração.

A duração desse momento varia entre 30 e 40 minutos, iniciando com a reflexão da semana e a reza do terço. Ao final, é dada a bênção da saúde ou a tradicional bênção dos capuchinhos – um momento importante que tem feito falta aos fieis de nossa igreja, diz ele. Abaixo, uma conversa da Pascom com Frei Almir.

Como nasceu e qual o principal objetivo do momento “Um Coração Que Pulsa Por Você”?

Um Coração Que Pulsa Por Você 4

As transmissões às sextas-feiras pelas redes sociais têm dado boa audiência

Foi um meio de me aproximar mais dos paroquianos e, principalmente, de estar assistindo o Apostolado da Oração (AO) do qual sou assistente espiritual. Por estarmos em quarentena, observei que o grupo estava necessitando de um momento de encontro, de estarmos rezando juntos e de ser este encontro um instrumento de divulgação do apostolado. O encontro não é restrito apenas ao movimento do AO, mas é extensivo a todos os paroquianos e também a todos os que nos acompanham de outras paróquias do Rio de Janeiro, de outras cidades e de outros estados. Muitos amigos nos acompanham todas as sextas, fazem seus pedidos e rezam juntos conosco. Algumas dessas pessoas são a minha mãe e meu pai que estão sempre nos acompanhando e que, com a quarentena, eles passaram a assistir todas as lives e missas do Santuário Basílica.

Quais os temas semanais e como são planejados?

A intenção inicial era de rezarmos o Terço da Misericórdia e falarmos um pouco da palavra de Deus. Porém, achei importante de falar também sobre o tempo litúrgico, celebrações principais e solenidades. No caso do mês de junho, abordaremos a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. “Um coração que pulsa por você” era para ser realizado apenas uma vez por mês, mas algumas pessoas me incentivaram a fazê-lo semanalmente, assim como os espaços utilizados para a transmissão: começamos na capela do Santíssimo, do nosso Santuário, depois fomos para o Memorial Frei Nemésio e essas semanas estaremos em  nossa capela conventual.

Como o público mantém contato com o apresentador?

Costumo passar os convites para amigos e para grupos que conheço. São os mesmos convites feitos diariamente pelo Emilton, da Pascom, através da Agenda Paroquial aqui do nosso Santuário. Durante a programação e a reza do Terço vamos elencando alguns nomes e intenções enviados pelo público. Nem sempre todos são lidos, mas colocamos e rezamos em todas as intenções.

clear