5 de janeiro de 2021

Santuário realiza obras de melhorias na Capela São José e Creche Chapeuzinho Marrom, no Turano

Aguardada há bastante tempo devido a inúmeras dificuldades e seleção de empresa capacitada, somente agora o projeto tornou-se viável

Design sem nome (5)Emilton Rocha*

Foram iniciadas, nos primeiros dias de dezembro do ano passado, as obras de reforma na Capela São José e nas dependências da Creche Chapeuzinho Marrom, localizadas na Comunidade do Turano, que fica entre os bairros Tijuca e Rio Comprido, Zona Norte do Rio de Janeiro, cujos imóveis são administrados pelo Santuário Basílica de São Sebastião. Essa restauração era aguardada há muito tempo, mas que por conta de inúmeras dificuldades e muita procura por uma empresa capacitada, somente agora o projeto tornou-se viável e já está sendo desenvolvido na sua primeira etapa, conforme enumerado por Frei Jorge de Oliveira, reitor e pároco do Santuário:

1 – Espaço que comporá a Capela do Santíssimo, localizado em um beco de quase 2 metros de largura entre o prédio da creche no primeiro andar onde está situada a Capela São José e a Escola Frei Cassiano. Nos últimos anos foram feitas obras de melhorias na creche, ficando por último a colocação de telhado e uma imensa tela de alto a baixo nesse beco, impedindo a ação dos pombos que tornavam o local sujo, mal cheiroso e sujeito a doenças. No nível da capela, este espaço agora aberto é arejado, cujas paredes foram demolidas, dando lugar a uma maior amplitude do corpo da capela, iluminação natural e arejamento do espaço, inclusive com a colocação de janelas tipo seteiras;

2 – Abaixo desta primeira laje estão sendo assentadas duas caixas d’água como cisternas para reserva de água para a creche;

3 – No segundo andar da creche foi aberto um grande Salão multiuso, onde se localizava o apartamento que abrigou a Irmã Ângela por décadas. Desde o último andar onde estão as oficinas e as máquinas do projeto do Frei Cassiano, toda a Rede Hidráulica e de Esgoto está sendo substituída por pvc, já que a antiga estava deteriorada e com muitos vazamentos.

4 – Na segunda etapa da obra, daremos continuidade à colocação do piso na capela, com porcelanato e granito, revestimentos nas paredes, preparo pintura, com melhor disposição do Presbitério e do mobiliário Litúrgico (altar, ambão, imagens, etc).

5 – Recursos - Além das pequenas economias da comunidade, fomos agraciados com a doação de uma casinha no local chamado “117/Turano”, feita pela Senhora Alayde Alves de Souza [falecida em 08/08/2020, Cert Óbito N. 093146015520204011421900303751900], a quem somos gratos, de quem partiram os recursos destinados às reformas nos dois imóveis – o que está sendo feito. Iniciamos as obras com o valor de R$ 40 mil reais em caixa, de onde estamos fazendo as retiradas necessárias. Mas esperamos poder avançar e concluir o projeto, cuja responsabilidade, idealização e execução é do Santuário Basílica de São Sebastião.

Com a palavra, Frei Jorge de Oliveira

“Assim, chegamos até você meu irmão e minha irmã, trazendo-lhe estas informações, mas também para pedir o seu apoio, individual ou da sua pastoral, ajudando-nos a dar sequência, sobretudo para a segunda fase do projeto.

Precisamos muito dessa participação solidária e generosa dos nossos paroquianos, assim como da Comunidade São José do Turano. Você pode participar com sua ajuda, seu dízimo e sua doação, somando forças, acreditando e sonhando juntos para chegarmos ao final de mais este gesto de amor e comprometimento com a nossa Igreja.  Sabemos das dificuldades, principalmente nesse momento de pandemia em que estamos acompanhando nossos irmãozinhos empobrecidos com o apoio na alimentação pelas Cestas Básicas e Clube do Leite. Agradecemos de todo coração aos nossos irmãos dizimistas e colaboradores pois, graças a vocês, chegamos até aqui.

Mas esta mensagem precisa ir mais além, pois precisamos de novos dizimistas, tocando em seu coração e devolvendo o seu dízimo com amor e generosidade.

E, assim, estamos iniciando este novo ano, com motivação e esperança fortalecidos com todas as graças e bênçãos do Céu. Feliz Ano Novo.

Frei Jorge Luiz de Oliveira”

________

* Com informações de Frei Jorge de Oliveira

clear