Ao som de músicas do coral, a Paróquia Nossa Senhora da Guia, localizada em Mangaratiba, a 102 quilômetros do Rio de Janeiro, município da Microrregião de Itaguaí, acolheu seu novo pároco – Frei Luiz Fernando Turque Duarte –, transferido de Teresópolis para mais uma missão na sua caminhada pela evangelização. A celebração aconteceu na noite de sábado, 19 de junho, e foi presidida pelo bispo Dom Frei José Ubiratan Lopes.

">
23 de junho de 2021

Frei Luiz Fernando é empossado como pároco da Paróquia Nossa Senhora da Guia, em Mangaratiba

A Província Nossa Senhora dos Anjos dos Frades Menores Capuchinhos do RJ e ES é a nova presença missionária na Diocese de Itaguaí

DSC_2722

FREI LUIZ FERNANDO: “Conhecer primeiro a realidade e, aos poucos junto com o povo, ir evangelizando”

 Por Emilton Rocha / Pascom

Ao som de músicas do coral, a Paróquia Nossa Senhora da Guia, localizada em Mangaratiba, a 102 quilômetros do Rio de Janeiro, município da Microrregião de Itaguaí, acolheu seu novo pároco – Frei Luiz Fernando Turque Duarte –, transferido de Teresópolis para mais uma missão na sua caminhada pela evangelização. A celebração aconteceu na noite de sábado, 19 de junho, e foi presidida por Dom Frei José Ubiratan Lopes, bispo diocesano.

A cidade de Mangaratiba é portal de entrada da Costa Verde, uma das regiões mais procuradas por turistas no Rio de Janeiro. Seus encantos se definem ao longo de seis distritos, cada um com inúmeras opções em atrativos naturais. A cidade hoje dispõe de roteiros diversificados e um rico patrimônio histórico e cultural que retrata a era Imperial.

Frei Luiz Fernando Turque Duarte, 46, anos, é natural de São Gonçalo, foi ordenado sacerdote em 2007, no Rio de Janeiro. Para ele, são boas as expectativas para a nova missão. “Conhecer primeiro a realidade e, aos poucos junto com o povo, ir evangelizando, mostrando nosso jeito de ser capuchinho no seguimento de Jesus”, disse.

Sobre a pandemia da Covid-19 que assola o mundo, ele reconhece que “ela tem sido dura e difícil para toda a humanidade, especialmente para os mais pobres”. E alerta: “Ainda estamos dentro dela, precisamos nos cuidar e ouvir a ciência. Não sei como o mundo será no futuro, espero que seja melhor, mais consciente, menos desigual, de maior consciência social e ecológica”.

DSC_2866

DOM UBIRATAN LOPES: “O sacerdote é ordenado para servir onde Deus o chamar”

Em sua homilia, Dom Ubiratan disse que o sacerdote é ordenado para servir onde Deus o chamar e enviar em missão.

Após a leitura da provisão canônica, Frei Luiz Fernando fez a profissão de fé e emitiu seu juramento de fidelidade. Seguindo os tradicionais ritos, o sacerdote recebeu a chave da igreja, juntamente com alguns outros símbolos importantes para a caminhada pastoral como a chave do sacrário e a estola roxa, representando o Sacramento da Penitência. A concha do batismo lhe foi apresentada.

Ao final da missa, o novo pároco proferiu o discurso de agradecimento. Perguntado sobre o que sente ao iniciar nova missão, ele respondeu: “Um misto de alegria, esperança e responsabilidade pela missão assumida. É sempre desafiador.” E pediu: “Rezem por nós, pela paróquia, por nossa Província. E continuemos nos cuidando, cuidando de quem está a nossa volta. A vida é sempre o valor maior. Paz e bem.”

Ao final da missa, o ministro provincial, Frei Arles Dias de Jesus, disse que “a Província Nossa Senhora dos Anjos dos Frades Menores Capuchinhos do Rio de Janeiro e Espírito Santo é a nova presença missionária na Diocese de Itaguaí ao assumir a Paróquia de Nossa Senhora da Guia em Mangaratiba, onde passará a residir uma nova fraternidade.”

GALERIA DE FOTOS

Para ampliar, clique 2 vezes em cada miniatura. / Fotos: Emilton Rocha

clear