Na quinta-feira, 11 de julho, quarto dia do XIV Capítulo Provincial, foi eleito o novo Governo da Província Nossa Senhora dos Anjos – que abrange os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo e Leste de Minas Gerais – cujo resultado é: Ministro Provincial, Frei Arles Dias de Jesus; Vigário Provincial, Frei Luiz Fernando T. Duarte; 2º Conselheiro Provincial, Frei José Wiliam Corrêa de Araújo; 3º Conselheiro Provincial, Frei Arineu Mozer Macedo; e 4º Conselheiro Provincial, Frei Edcarlos Hoffman.

Com o tema “Reavivar o Dom de Deus que está em Nós”, o Capítulo teve inicio no dia 8, segunda-feira, e foi encerrado no dia 11, com uma Missa presidida por Dom José Ubiratn Lopes, bispo da Diocese de Itaguaí (RJ).

">
12 de julho de 2019

Em Capítulo, Província Nossa Senhora dos Anjos elege novo Governo

Frades capitulares escolhem o Ministro Provincial, o Vigário Provincial e três conselheiros

DSC_9348

ELEITOS – A partir da esquerda: Frei Arineu Mozer Macedo, Frei José Wiiliam Corrêa de Araújo, Frei Arles Dias de Jesus, Frei Luiz Fernando T. Duarte e Frei Edcarlos Hoffman.

Emilton Rocha / Pascom

RIO DE JANEIRO – Na quinta-feira, 11 de julho, quarto dia do XIV Capítulo Provincial, foi eleito o novo Governo da Província Nossa Senhora dos Anjos – que abrange os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo e Leste de Minas Gerais – cujos integrantes são: Ministro Provincial, Frei Arles Dias de Jesus;  Vigário Provincial, Frei Luiz Fernando T. Duarte; 2º Conselheiro Provincial, Frei José Wiliam Corrêa de Araújo; 3º Conselheiro Provincial, Frei Arineu Mozer Macedo; e 4º Conselheiro Provincial, Frei Edcarlos Hoffman. Frei Carlos Silva, atualmente morando em Roma, pertencente à Província de São Paulo e Conselheiro Geral para o Brasil foi quem presidiu o Capítulo.

DSC_9403

Frei Carlos Silva, Conselheiro Geral para o Brasil, presidiu o Capítulo.

 Com o tema “Reavivar o Dom de Deus que está em Nós”, o Capítulo teve inicio na segunda-feira, 8 de julho, e foi encerrado quatro dias após, na quinta-feira, 11, com uma Missa presidida por Dom José Ubiratn Lopes, bispo da Diocese de Itaguaí (RJ). Além da Vocação, outra matéria de destaque abordada durante a assembleia foi sobre a Pastoral Vocacional, no tópico do trabalhar a Cultura Vocacional.

O novo Ministro Provincial

Frei Arles de Jesus, 41 anos, oito de sacerdócio, carioca de Realengo, Zona Oeste do Rio, atual pároco do Santuário Basílica de São Sebastião, substituirá Frei Luiz Carlos Siqueira que conclui o segundo mandato à frente do governo da província.

Aos cinco anos de idade Frei Arles saía, com a família, do Rio de Janeiro para viver em Baixo Guandu, cidade localizada no Espírito Santo, onde permaneceu até os 20 anos. Ali desenvolveu vivência cristã, voltada à evangelização dos jovens, nos Princípios do Evangelho e no Carisma Franciscano. Formou círculos bíblicos, catequese e grupo de jovens e fez acompanhamento a vítimas das drogas e da prostituição. Esses encontros aconteciam debaixo de uma grande árvore, em terreno cedido por um padre. Lá, com a ajuda da comunidade, iniciou a construção de uma capela. Tempo depois, com as obras paralisadas, ocorreu a invasão da área por dependentes químicos. Anos depois, a capela foi concluída com o apoio de Dom Geraldo Lírio Rocha, na época bispo de Colatina.

Sua família era muito atuante e participativa na Comunidade São Francisco, proporcionando-lhe bases sólidas e fazendo-o iniciar, em janeiro de 2011, a sua caminhada franciscana capuchinha no Aspirantado, em Itambacuri (MG). No ano seguinte, dedicou-se aos os estudos acadêmicos, cursando filosofia no Colégio São Bento, no Rio, apesar de morar na Fraternidade Santo Cristo, em Niterói, do outro lado da ponte. Em 2005, o jovem franciscano dava continuidade ao Postulantado em Piracicaba (SP). No ano seguinte, foi admitido no Noviciado em Sumaré (SP) e, no mesmo ano, em dezembro, realizava a sua primeira Profissão Religiosa.

Em 2007 retornava à Província do Rio de Janeiro e Espírito Santo, passando a morar em Petrópolis ali iniciando seus estudos no Instituto Teológico Franciscano. No ano seguinte, mudou-se para a Fraternidade São Sebastião, no Rio, onde passou a exercer a função de Arquivista Provincial e Ecônomo local.

Em fevereiro de 2010, na cidade de Santa Teresa (ES), Frei Arles fez a sua Profissão Solene na Ordem Capuchinha e neste mesmo ano foi ordenado Diácono em Petrópolis (RJ). Em agosto de 2011 retornava à comunidade em Baixo Guandu para dar inicio ao tríduo preparatório à Ordenação Presbiteral que foi realizada na Igreja Matriz.

Em novembro de 2013, Frei Arles foi designado para assumir a então Paróquia de São Sebastião, hoje Santuário Basílica de São Sebastião. O novo pároco assim se pronunciou: “Estou aqui para servir e evangelizar, não somente no centro da nossa comunidade mas, principalmente, em sua periferia. Lembro as palavras do Papa Francisco: abram as portas dos seus corações para o meu acolhimento”.

É de se agradecer imensamente ao Provincial que sai – Frei Luiz Carlos Siqueira –, o qual concluiu com êxito e dedicação os trabalhos a ele afetos na Província Nossa Senhora dos Anjos. Paz e bem!

clear