11 de março de 2021

Em 19 de março Papa dará mensagem para iniciar Ano da Família

“Confiemos à Sagrada Família de Nazaré, em particular à São José, esposo e pai solícito, este caminho com as famílias de todo o mundo”

 papaPor Mercedes de la Torre / ACI Digital

O Ano da Família foi convocado pelo Santo Padre no dia 27 de dezembro de 2020, por ocasião do quinto aniversário da publicação da Exortação Apostólica Amoris Laetitia [Alegria do Amor], “para amadurecer os frutos da Exortação Apostólica Pós-Sinodal e aproximar a Igreja às famílias de todo o mundo, postas à prova neste último ano pela pandemia”.

O Ano da Família será coordenado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, e terminará em 26 de junho de 2022, com o décimo Encontro Mundial das Famílias que será realizado em Roma.

Nesse sentido, o Dicastério vaticano informou no dia 10 de março que está organizando o encontro online “Nosso amor cotidiano” para abrir as iniciativas dedicadas ao Ano da Família.

O evento online será na sexta-feira, 19 de março, às 15h (hora de Roma). É organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, juntamente com a Diocese de Roma e o Pontifício Instituto Teológico João Paulo II.

O evento terá duas partes. O primeiro se concentrará no “quinto aniversário da Amoris laetitia” e o segundo nas “perspectivas teológicas”.

Segundo indica o programa da iniciativa, além da mensagem de vídeo do Papa Francisco, participarão do evento o prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, Cardeal Kevin Joseph Farrell; o Vigário do Papa para a Diocese de Roma, Cardeal Angelo De Donatis; e o grão-chanceler do Pontifício Instituto Teológico João Paulo II, Dom Vincenzo Paglia.

Do mesmo modo, participarão o presidente do Pontifício Instituto Teológico João Paulo II, Pierangelo Sequeri; e o casal Giuseppina De Simone e Franco Miano, que participaram nos sínodos sobre a família.

Anúncio do Papa

Na última festa da Sagrada Família, no domingo, 27 de dezembro, o Papa Francisco anunciou após a oração do Ângelus dominical que o Vaticano dedicará um Ano da Família em simultâneo com o Ano de São José, no quinto aniversário da exortação apostólica pós-sinodal Amoris laetitia.

“A festa de hoje chama-nos ao exemplo da evangelização na família, propondo-nos o ideal do amor conjugal e familiar, como se destaca na Exortação Apostólica Amoris Laetitia”, afirmou naquele dia o Papa.

O Papa indicou que será um ano de reflexão sobre Amoris laetitia, cinco anos depois de sua publicação, e “será uma oportunidade para aprofundar no conteúdo do documento”.

Por isso, o Santo Padre convidou “a aderir às iniciativas que serão promovidas ao longo do ano e que serão coordenadas pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida”, que consistirão em “propostas e instrumentos pastorais, que serão postos à disposição das comunidades eclesiais e famílias, para acompanhá-los em seu caminho”.

“Confiemos à Sagrada Família de Nazaré, em particular à São José, esposo e pai solícito, este caminho com as famílias de todo o mundo”, concluiu o Papa.

clear