O Santuário Basílica de São Sebastião (Frades Capuchinhos) estão celebrando - de 8 a 14 de setembro - o Setenário de Nossa Senhora das Dores. Até o dia 14 estarão sendo celebradas as 7 dores de Nossa Senhora. A celebração do dia de Nossa Senhora que acontece em 15 de setembro, iniciou-se em Florença, na Itália, através de uma ordem mariana, da Ordem dos Servos de Maria. Há um rosário chamado de Terço de Nossa Senhora das Dores, Terço das Lágrimas ou Rosário das Lágrimas fazendo-se também símbolo de Nossa Senhora das Dores.

 ">
4 de setembro de 2020

15 de setembro: Dia de Nossa Senhora das Dores; veja a programação

O Dia de Nossa Senhora das Dores ou Mater Dolorosa (Mãe Dolorosa) comemora-se anualmente no dia 15 de setembro

480x600_db64bc7c9c9b768e08ace6deca2f5679Emilton Rocha / Pascom

O Santuário Basílica de São Sebastião (Frades Capuchinhos) estão celebrando – de 8 a 14 de setembro – o Setenário de Nossa Senhora das Dores. Até o dia 14 estarão sendo celebradas as 7 dores de Nossa Senhora, também chamada de Nossa Senhora da Piedade, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora da Agonia, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora do Calvário, Nossa Senhora do Monte Calvário, Mãe Soberana e Nossa Senhora do Pranto, invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens ou Mater Dolorosa (sendo, sob essa designação, particularmente cultuada em Portugal), é uma forma pela qual é venerada Maria (mãe de Jesus).

A celebração do dia de Nossa Senhora que acontece em 15 de setembro, iniciou-se em Florença, na Itália, através de uma ordem mariana, da Ordem dos Servos de Maria. Há um rosário chamado de Terço de Nossa Senhora das Dores, Terço das Lágrimas ou Rosário das Lágrimas fazendo-se também símbolo de Nossa Senhora das Dores.

O Dia de Nossa Senhora das Dores ou Mater Dolorosa (Mãe Dolorosa) comemora-se anualmente no dia 15 de setembro. Um título dado entre vários outros como: Nossa Senhora do Pranto, Mãe Soberana, Nossa Senhora do Monte Calvário, Nossa Senhora do Calvário, Nossa Senhora das Sete Dores, Nossa Senhora das Angústias, Nossa Senhora das Lágrimas, Nossa Senhora da Soledade, Nossa Senhora da Piedade e invocada em latim como Beata Maria Virgo Perdolens, a Virgem Maria. Este é um título que simboliza as sete dores sofridas por Nossa Senhora durante sua vida aqui na terra e durante os momentos da Paixão de Cristo. Os fiéis da santa fazem culto a ela promovendo a memória de suas dores e pedem por graças a serem alcançadas através de sua intercessão.

Abaixo, os dias do Setenário, com as respectivas Dores, junto com as citações bíblicas.

Dia 08/09 (terça-feira, 18h)

1ª Dor: A profecia de Simeão sobre o Menino Jesus. (Lc 2, 34-35)

Dia 09/09 (quarta-feira, 18h)

2ª  Dor: A fuga da Sagrada Família para o Egito. (Mt 2, 13-15)

Dia 10/09 (quinta-feira, 18h)

3ª  Dor: A perda e o encontro do Menino Jesus no Templo, durante três dias. (Lc 2, 41-49)

Dia 11/09 (sexta-feira, 18h)

4ª  Dor: O encontro de Maria com Jesus no caminho do Calvário. (Lc 23, 27-28)

Dia 12/09 (sábado, 11h)

5ª  Dor: Maria contemplando os sofrimentos e a morte de Jesus sobre a Cruz. (Jo 19, 25-27)

Dia 13/09 (domingo, 11h30)

6ª  Dor: Maria recebe em seus braços o corpo de Jesus descido da Cruz. (Mat 27, 57-59)

Dia 14/09 (18h)

7ª Dor: Maria deposita o corpo de Jesus no sepulcro. (Jo 19, 40-42)

No dia 15, Dia de Nossa Senhora das Dores, às, 17h30, acontece uma reflexão sobre Nossa Senhora das Dores intitulada “A Coroinha de Nossa Senhora das Dores”, e, às 18h, a celebração de Missa Solene presencial em honra a Nossa Senhora das Dores. A Santa Missa também será transmitida ao vivo pelo Facebook e Youtube. Durante os 7 dias que antecedem o dia de Nossa Senhora, o gesto concreto será representado por cestas básicas, para distribuição às famílias inscritas no Serviço Social da Basílica. Os frades sempre entregaram cestas básicas a famílias carentes, mas com o surgimento da pandemia o número de famílias que procuram a igreja mensalmente aumentou significativamente.

Devoção e Simbolismo de Nossa Senhora das Dores

Foi em 1221 no Mosteiro de Schönau, na antiga Germânia, atual Alemanha, que os fiéis começaram o culto a Nossa Senhora das Dores. A celebração do dia de Nossa Senhora que acontece em 15 de setembro, iniciou-se em Florença, na Itália, através de uma ordem mariana, da Ordem dos Servos de Maria. Há um rosário chamado de Terço de Nossa Senhora das Dores, Terço das Lágrimas ou Rosário das Lágrimas fazendo-se também símbolo de Nossa Senhora das Dores. O rosário possui 49 contas brancas que são divididas em sete partes com sete contas cada. As sete partes representam as sete dores. A cada dor de Maria Santíssima contemplada, reza-se um Pai Nosso e sete Ave Marias.

Nossa Senhora das Dores é adorada através de sua imagem/estátua, que representa um semblante muito sofrido e de dor, com o coração ferido por sete espadas, que são as sete dores sofridas por ela. Em algumas imagens apresenta-se aos pés da cruz com um rosto sofrido diante de seu filho morto. Um hino medieval chamado Stabat Mater Dolorosa (Estava a Mãe Dolorosa) foi originado desta imagem tão sofrida de Nossa Senhora. Já em outras imagens também com semblante muito sofrido com Jesus morto em seus braços após ele ter sido tirado da cruz, dando origem a uma famosa escultura, a Pietà.

clear