A creche, mantida pela Basílica de São Sebastião (Frades Capuchinhos), com quase três décadas, atende dentro das suas reais possibilidades, filhos de mães trabalhadoras. Ela se localiza no Complexo do Turano, que fica entre os bairros da Tijuca e do Rio Comprido.

">
20 de abril de 2017

Creche Chapeuzinho Marrom: uma vida inteira cuidando dos baixinhos

1381628_1375568719401217_4090734773635181067_n

Há quase três décadas cuidando dos pequeninos

Fundada em dezembro de 1987 por frei Laudelino Geraldo de Oliveira, pároco da Igreja dos Capuchinhos à época, a creche Chapeuzinho Marrom é uma instituição credenciada pela Secretaria Municipal de Educação e segue as orientações dos Parâmetros de Qualidade para a Educação Infantil do Ministério da Educação. Ela se localiza no Complexo do Turano, que fica entre os bairros da Tijuca e do Rio Comprido, possui uma população que cresce a cada ano e está distribuído em sete áreas: Liberdade, Matinha, Rodo, 117, Chacrinha, Pedacinho do Céu e Sumaré. A creche, que é mantida pelo Santuário Basílica de São Sebastião (Frades Capuchinhos), completou 28 anos no dia 1º de dezembro, atende, dentro das suas reais possibilidades, filhos de mães trabalhadoras, crianças em risco social e nutricional e também aquelas com deficiência.

A diretora, Dercy Cruz Moraes, há doze anos no cargo, diz que, atualmente, 47 crianças são atendidas pela creche distribuídas em três turmas: 12 no Maternal I A, 15 no Maternal I B e 20 no Maternal II. “Atendemos crianças de 2 a 4 anos, pois nosso espaço não comporta berçário porque temos muitas escadas”, diz ela. Segundo Dercy, em sua rotina diária, o desjejum tem início às 7h da manhã, seguido de banho de sol, atividades (jogos, brincadeiras, recorte e colagem, histórias, técnicas de pintura, música, massinha etc.), almoço, higiene bucal, descanso, lanche, atividades (jogos, brincadeiras, recorte e colagem, histórias, técnicas de pintura, música, massinha etc.), banho, jantar e higiene bucal. Um trabalho bem coordenado garante que as crianças tenham alimentação balanceada e de qualidade, e um ambiente limpo e seguro. A saída é às 17 horas.

Emilton Rocha / Pascom

clear