16 de dezembro de 2018

Basílica de São Sebastião realiza sua confraternização da Natal

“Este é o momento de interagir com o outro, de brincar, de conversar. A confraternização é um momento muito importante” Frei Arles de Jesus

IMG_9194 (Copy)

Frei Arles reza com os presentes na confraternização, em frente à igreja.

Por Emilton Rocha / Pascom

Neste sábado, após a Missa das 17h, o Santuário Basílica de São Sebastião realizou sua tradicional confraternização de Natal no pátio da igreja, que teve a participação de paroquianos e famílias, integrantes de pastorais e associações. Presentes Frei Luiz Carlos Siqueira, provincial do Rio de Janeiro e Espírito Santo, Frei João Carlos de Araújo, Frei Otaviano Salvador, Frei Rafael Kruger e Manoel Antonio Tavares, indicado por Frei Arles para o Diaconato Permanente. Uma mesa farta, com lanche partilhado, foi posta em frente à igreja, onde todos se serviram ao som de músicas natalinas.

IMG_9203 (Copy)

O lanche partilhado, saboroso, agradou a todos.

Para o reitor Frei Arles Dias de Jesus, a confraternização de Natal representa para nós, para as pastorais e para a comunidade um encontro no final do ano em que nossos trabalhos pastorais se encerram, ao mesmo tempo em que nos fortalecemos para recomeçarmos. “Principalmente para a nossa Basílica de São Sebastião, é o tempo de preparação para a primeira sexta-feira do ano (Bênção dos Capuchinhos) e da festa de São Sebastião, padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro” – disse. Segundo ele, “nossos trabalhos não param. Este é o momento de interagir com o outro, de brincar, de conversar, etc. A confraternização é um momento muito importante”.

O Natal

O Natal representa o nascimento de Cristo e a renovação da fé para todos os cristãos. É a data que tem o poder de unir familiares e amigos, para festejar a data máxima da cristandade, para perdoar, para amar e abraçar carinhosamente todos aqueles tem um significado especial para cada um de nós.

A ceia de Natal representa a comunhão entre familiares e amigos, que neste dia esquecem as desavenças pessoais e se voltam para o real significado da vida onde o amor, a compreensão e o perdão devem ser propulsores para viver em paz e harmonia com todos. O Natal é o momento especial para afastar os maus sentimentos como o orgulho, a vaidade e o egoísmo, dando lugar a caridade, a tolerância, a bondade que proporcionam tranquilidade e entendimento, garantindo um vida calcada no amor ao próximo, único caminho para a salvação.

IMG_9233 (Copy)

O presépio é atração para os paroquianos.

Não podemos esquecer da grande mensagem deixada por Cristo que diz: “Amai-vos uns aos outros assim como eu vos amei”. Em nenhum momento ele disse, odeie o teu próximo, discrimine, trate mal os seus irmãos, fale mal dos outros, seja arrogante. Bem pelo contrário, Cristo pregou o amor entre os homens. Mesmo sendo crucificado, olhou para o céu e disse: “Pai perdoai-vos porque eles não sabem o que fazem”. É um exemplo para toda a humanidade, que vive privilegiando a competição em vez da cooperação.

Todos os seres humanos são iguais perante Deus e querem o melhor para si próprios e para os seus. Então, porque achar que uns são melhores do que os outros, ou tentar pisar naqueles que tem menos ou são discriminados? É preciso compartilhar os bons sentimentos, as boas ações, os bons propósitos com todos que estão próximos, pois o importante é que todos encontrem o melhor caminho para trilhar e para evoluir.

A vida é um presente que nos foi dado para evoluirmos no caminho do bem e da espiritualidade. Felizes daqueles que se dão conta disso e praticam boas ações e contribuem para o crescimento de seus semelhantes. O Natal é o momento para refletir e mudar para melhor. Reúna seus familiares e mesmo seus amigos e planejem um novo ano diferente, onde o entendimento seja o objetivo maior.

Não alimentemos raiva, rancor ou qualquer outro sentimento negativo. Mudemos sempre  para melhor. Tenhamos atitudes positivas com todos, contribuindo para o crescimento de quem se relaciona com você e verás que o resultado é o seu bem estar, pois tudo retorna para aonde surgiu. Cultivemos o sentimento que sentimos na noite de Natal, que é sempre de amor e por isso mesmo nos faz tanto bem. Naquele momento só pensamos positivamente e desejamos o bem para todos. O resultado é que a paz e a tranquilidade imperam e proporcionam um bem estar que nada mais é do que o poder de Cristo em nós.

Bom Natal a todos e lembremos que presentes e alegrias são importantes, mas refletir e mudar para melhor é o que fará diferença para uma vida de paz e amor. Feliz Natal!

clear