17 de novembro de 2017

Arquidioceses se mobilizam para Dia Mundial dos Pobres

No Rio de Janeiro, os vicariatos da arquidiocese estão preparando diversas ações organizadas pelas equipes de assistentes sociais

Por Canção Nova, com arquidioceses

O Dia Mundial dos Pobres será celebrado neste domingo, 19, pela primeira vez. A data instituída pelo Papa Francisco na conclusão do Jubileu da Misericórdia terá como tema “Não amemos com palavras, mas com obras”. Este será um dia em que o Papa convida todos a refletir acerca da partilha com os mais necessitados como sinal de fraternidade.

No Vaticano, haverá uma Missa com o Papa Francisco que deve reunir quatro mil pessoas necessitadas. Após a celebração, 1500 delas serão recebidas na Sala Paulo VI para um almoço com o Papa. Para as demais, também será oferecido um almoço em vários colégios católicos de Roma. Além disso, várias iniciativas estão em curso desde o início da semana, como um posto de atendimento de saúde gratuito.

jornada_pobresNo Brasil, as arquidioceses também estão atentas a este dia especial e programaram eventos específicos para lembrar a data. A arquidiocese de São Paulo, por exemplo, nesta sexta-feira, 17, realizará um trabalho junto aos moradores de rua, oferecendo cortes de cabelo e barba, além de momentos de louvor e adoração. À tarde, haverá uma procissão com a Imagem de Nossa Senhora Aparecida e, às 22h, uma Missa presidida pelo padre Julio Lancelotti.

No sábado, 18, a arquidiocese paulista preparará logo cedo, às 8h, um café da manhã especial aos fiéis e, às 11h, uma Missa para celebrar o Dia Mundial dos Pobres.

Já a arquidiocese de Belo Horizonte organizou para ontem, quinta-feira, 16, um mutirão dedicado aos mais pobres com orientações jurídicas e ações psicossociais. O trabalho foi feito em parceria com a Defensoria Pública. Na quarta-feira, 15, houve uma celebração eucarística no Santuário Nossa Senhora da Conceição. Por fim, no domingo, 19, haverá uma peregrinação da Pastoral de Rua ao Santuário Nossa Senhora da Piedade ? Padroeira de Minas Gerais. O arcebispo, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, celebrará uma missa às 8h, na Ermida da Padroeira, junto às pessoas em situação de rua que são acompanhadas pela pastoral.

Redespertar da consciência

No Rio de Janeiro, os vicariatos da arquidiocese estão preparando diversas ações organizadas pelas equipes de assistentes sociais. No sábado, 11, por exemplo, houve o Fórum Pastoral de Diálogo com a Sociedade: Educação, Saúde, Habitação, Trabalho/Renda. Já na segunda-feira, 13, foi realizado o Encontro Ecumênico Arquidiocesano.

“O Pontífice está preocupado com a globalização da indiferença. Ou seja, são tantos pobres que começamos a nos ‘acostumar’ com eles (...)”

No dia 19, sábado, a arquidiocese carioca organizará um café da manhã para os moradores de rua na Catedral Metropolitana de São Sebastião, no Centro. Em seguida, às 10h, será celebrada uma Missa, presidida pelo arcebispo, Cardeal Orani João Tempesta, junto aos agentes de pastorais e movimentos sociais, além de membros de novas comunidades.

De acordo com o bispo referencial para a Caridade Social na arquidiocese, Dom Joel Portella Amado, o Papa Francisco espera que a humanidade não se acostume à indiferença social. “O Pontífice está preocupado com a globalização da indiferença. Ou seja, são tantos pobres que começamos a nos ‘acostumar’ com eles. Por meio do Dia Mundial dos Pobres, o Papa convida ao despertar ou ‘redespertar’ da consciência. São filhos e filhas de Deus que sofrem com a fome, a falta de moradia e ausência de pátria”, disse o bispo.

Dom Fernando Saburido, responsável pela arquidiocese de Olinda e Recife, visitará as pastorais regionais neste fim de semana. Trata-se de um trabalho já realizado em outros anos por Dom Fernando, que pretende estreitar os laços com os fiéis. No sábado, 18, por exemplo, o arcebispo visitará oito comunidades, rurais e urbanas, no bairro Cavaleiro, que fica no município de Jaboatão dos Guararapes.

Já na manhã de domingo, 19, o arcebispo visitará o Hospital Nossa Senhora de Lourdes e o Abrigo Cristo Redentor (de idosos). Nas Missas que celebrará no final de semana, Dom Fernando refletirá sobre as situações dos pobres, lembrando o dia.

No sul do país, a arquidiocese de Porto Alegre (RS) terá uma missa em comemoração à data no sábado, a partir das 15h.

clear