"Antes de ser oficial do Imperador, sou SOLDADO DE CRISTO" São Sebastião

Círio de Nazaré no Rio de Janeiro 2017: “Maria de Nazaré nos ensina a ser família”

O Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas em homenagem a Nossa Senhora está chegando novamente ao Rio de Janeiro. De 18 a 20 de agosto, a imagem peregrina da Virgem de Nazaré visitará paróquias, capelas, instituições, centros culturais e diversas comunidades, levando a mensagem de Maria que nos ensina a ser família.

Para homenagear a Padroeira dos paraenses, a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro elaborou uma intensa programação, que também incluirá uma passagem pela Arquidiocese de Niterói. Esta é a nona edição do Círio de Nazaré na cidade, trazido ao Rio pelo Cardeal Orani João Tempesta, que por quatro anos foi arcebispo de Belém do Pará.

Leia +
História da Igreja de São Sebastião dos Frades Capuchinhos

A primeira igreja dedicada a São Sebastião que se construiu no Rio de Janeiro teve duração efêmera, e sua data remonta a 1567. Foi levantada a mandado de Estácio de Sá, lá para as bandas do Pão de Açúcar, na orla marítima que mais tarde teve a denominação de Praia Martim Afonso (atualmente Praia Vermelha), pouco distante, pois, do morro Cara de Cão (onde hoje se encontra a Fortaleza de São João), local esse que, em 1º de março de 1565 recebeu os fundamentos da “muito leal e Heroica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro”. Um templo tosco, de pau a pique, coberto de palha; era, contudo, uma casa religiosa, porquanto ali estava em exposição pública a imagem do santo padroeiro.

Leia +

 

 

 


Notícias


+ Mais Notícias

clear