18 de setembro de 2017

Missa Solene de São Pio de Pietrelcina será celebrada neste sábado, 23

Missa Solene será celebrada sábado, às 17h, com a Bênção da Saúde

71750BJ

Padre Pio de Pietrelcina (1887-1968): Santo Capuchinho

Hoje, durante a Missa das 18h, será celebrado o último dia do Tríduo em honra a São Pio de Pietrelcina, santo capuchinho, canonizado em 16 de junho de 2002. Nesta sexta-feira,23, dia dedicado ao Santo, será celebrada Missa Solene, às 17h, com a Bênção da Saúde.

Biografia de Padre Pio de Pietrelcina

Padre Pio de Pietrelcina (1887-1968) foi um sacerdote católico italiano, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Em 2002, foi canonizado pelo Papa João Paulo II, como São Pio de Pietrelcina.

Padre Pio de Pietrelcina (1887-1968) nasceu em Pietrelcina, na Itália, no dia 25 de maio de 1887. Filho de Grazio Forgione e de Maria Giuseppa de Nunzio foi batizado no dia seguinte, recebendo o nome de Francisco Forgione. Recebeu o sacramento da Crisma e a Primeira Comunhão, com 12 anos. Desde cedo manifestou interesse pelas coisas de Deus, falava sempre em seu anjo da guarda. Estava sempre presente nas missas e nas orações.

Aos 16 anos, no dia 6 de janeiro de 1903, entrou no noviciado da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em Morcone, vestindo o hábito franciscano no dia 22 do mesmo mês, passando a se chamar “Frei Pio”. Terminado o ano de noviciado, fez a profissão dos votos simples e no dia 27 de janeiro de 1907, a dos votos solenes.

Depois da Ordenação Sacerdotal, recebida no dia 10 de agosto de 1910 em Benevento, ficou com sua família até 1916, por motivos de saúde. Em setembro desse mesmo ano, foi mandado para o convento de São Giovanni Rotondo. O momento mais alto da sua atividade apostólica era aquele em que celebrava a Santa Missa, os fiéis que dela participavam, pressentiam sua espiritualidade. Padre Pio dedicou-se ao Ministério da Confissão, para aliviar os sofrimentos dos fieis. Passava 14 horas por dia no confessionário.

“Mantenha-se sempre ao lado da Igreja Católica, porque só ela pode lhe dar paz verdadeira, posto que só ela possui Jesus no Santíssimo Sacramento, o verdadeiro Príncipe da Paz.” São Pio de Pietrelcina

No campo da caridade social, Padre Pio esforçou-se por aliviar os sofrimentos e misérias de tantas famílias, principalmente com a fundação da Casa Sollievo della Sofferenza (Casa Alívio do Sofrimento), que foi inaugurada no dia 5 de maio de 1956. Dedicou sua vida a fazer a caridade. A obra tornou-se referência em toda a Europa.

Padre Pio de Pietrelcina faleceu no Convento de São Giovanni Rotondo, Itália, no dia 23 de setembro de 1968. Nos anos que se seguiram à sua morte, a fama de santidade e de milagres foi crescendo cada vez mais. Não tinha ainda passado muito tempo quando a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos empreendeu os passos previstos na lei canónica para dar início à Causa de beatificação e canonização.

No dia 2 de maio de 1999, durante uma solene Celebração Eucarística na Praça de São Pedro, o Papa João Paulo II declarou “Beato” o “Venerável Servo de Deus Padre Pio de Pietrelcina”, estabelecendo no dia 23 de setembro a data da sua festa litúrgica. No dia 26 de fevereiro de 2002 foi promulgado o decreto de sua canonização como “São Pio de Pietrelcina”.

Oração

Proclamamos, Senhor, que só Vós sois Santo e que ninguém pode ser bom sem a vossa graça. Nós Vos pedimos humildemente, por intercessão de São Pio de Pietrelcina, que nos ajudeis a viver de tal modo que mereçamos alcançar a vossa glória. Por nosso Senhor.

Por Emilton Rocha, com informações de Dilva Frazão – E-Biografia – Foto: Google

 

clear