“Caro frei Antonio Reginaldo, neste momento tão especial para a sua vida e para a Igreja, que seu sacerdócio seja pautado pela certeza de uma vez por todas ao entrar no Santuário Templo, Cristo entrou também na sua vida. E alargou seu coração, sua existência por uma vida totalmente consagrada a Ele na Igreja, em favor do Corpo de Deus, não parta si mesmo.” – disse o bispo ordenante, Dom Luiz Henrique da Silva Brito, em sua homilia.

">
7 de fevereiro de 2019

Emocionado e muito feliz, Frei Antonio Reginaldo é ordenado sacerdote

Celebração eucarística foi realizada na Igreja de São Simão, em Belford Roxo, região metropolitana do Rio de Janeiro  

_KKA1901

O bispo Dom Luiz Henrique (centro) preside a ordenação de Frei Antonio Reginaldo, deitado com o rosto voltado para o chão: este gesto é um dos mais intensos do rito (Foto: Kaká Gusman)

Por Emilton Rocha / Pascom

“Caríssimos irmãos e irmãs, a liturgia nos convida a conhecer o caminho da nossa salvação, e, também nos alegrar com a família franciscana na qual através das mãos do bispo Dom Luís Henrique, frei Antonio Reginaldo Ferreira será ordenado presbítero, o mesmo natural de Fortaleza, sendo o terceiro filho do casal José Carlito Ferreira e Maria das Graças Ferreira. Ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos no ano de 2011, discernido sua caminhada vocacional na qual ingressou no noviciado no ano de 2013 e no ano de 2018 fez a sua profissão perpétua e recebeu a Ordenação Diaconal. Na sua caminhada acadêmica, cursou Filosofia no Centro Universitário – FAE em Curitiba, e Teologia na Faculdade de São Bento, no Rio de Janeiro. Hoje, toda a Igreja se alegra com esse filho que deu seu sim ao chamado do Evangelho.”

As palavras acima marcaram o início da assembleia dos filhos e filhas de Deus reunidos sábado, 2 de fevereiro, às 18h, quando Frei Antonio Reginaldo Ferreira foi ordenado presbítero pela  imposição das mãos de Dom Luiz Henrique da Silva Brito, Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro, num dia de forte calor na cidade, mas que em nada diminuiu a felicidade do novo sacerdote nem tampouco a do público que lotou a igreja.

A celebração eucarística foi realizada na Igreja de São Simão, em Belford Roxo, região metropolitana do Rio de Janeiro. Concelebraram Frei Luiz Carlos Siqueira, ministro da Província Nossa Senhora dos Anjos (RJ e ES), Frei Arles Dias de Jesus, reitor do Santuário Basílica de São Sebastião, e os padres Constanzo Bruno Luigi e Antônio Pedro Monteiro. Também presentes os padres José Carlos e Sergio Mozer, de Paranavaí (PR), padre Maicom Montovanelli (ES), padre Renato, padre Marcelo e padre Marco Bejarano, da Arquidiocese de Caxias; padre Marcio e padre João Paulo, de Nova Iguaçu e confrades da província Nossa Senhora dos Anjos, entre muitos convidados.

Frei Reginaldo presidindo missa (Copy)

Frei Reginaldo celebra sua primeira missa no dia seguinte à ordenação presbiteral (Foto: Angela Zolhof)

“Caro frei Antonio Reginaldo, neste momento tão especial para a sua vida e para a Igreja, que seu sacerdócio seja pautado pela certeza de uma vez por todas ao entrar no Santuário Templo, Cristo entrou também na sua vida. E alargou seu coração, sua existência por uma vida totalmente consagrada a Ele na Igreja, em favor do Corpo de Deus, não parta si mesmo.” – disse o bispo ordenante, Dom Luiz Henrique, em sua homilia. “Seja seu ministério sacerdotal todo ele iluminado por essa certeza do amor de Deus que lhe escolheu para o Ministério Sacerdotal, a fim de enriquecer o povo fiel com as dádivas que generosamente Ele quer derramar a todos através do seu Ministério. Assim seja” – concluiu.

Ao terminar a homilia, o bispo dirigiu-se novamente ao candidato para confirmar sua intenção de abraçar o sacerdócio, com as disposições e renúncias necessárias. A cada pergunta, Frei Reginaldo repetia a resposta conclusiva: “Eu quero”.

Chegado o momento da grande oração da comunidade e, prostrado por terra, o ordenando manifestou o reconhecimento de sua nulidade, fraqueza e pequenez, diante da grandiosidade do ofício que assumia naquele momento. A comunidade acompanhou emocionada o cântico ladainha.

Em vídeo divulgado no Youtube, vários amigos, professores e colegas de turma da faculdade São Bento gravaram mensagem para o novo sacerdote, como Dom Anselmo Chagas, diretor do órgão, que disse: “Não se esqueça que a sua missão agora é sempre espalhar para o mundo o bom odor de Cristo”.

Em sua mensagem, a professora Maria Clara acentuou: “Jamais perca a sua alegria, que é a sua característica básica, a satisfação de viver, a busca constante pelo conhecimento, esse bicho carpinteiro que habita dentro do seu cérebro, sempre buscando conhecer mais, sempre procurando entender mais e melhor e, principalmente respeitando muito o próximo e respeitando muito a Deus.”

Dona Maria das Graças, sua mãe, reconhece, feliz, que ele escolheu o caminho certo e que siga em frente, “porque a caminhada é longa”.  Diz que sempre acreditou na fé dele. O irmão Renato lembra que Reginaldo era muito levado e brigão – o “mais valente da rua”. E que hoje está ciente de que ele fez uma excelente escolha em sua vida. “Que Deus ilumine os caminhos dele”, diz.

No dia seguinte à ordenação, às 11h30, Frei Antonio Reginaldo celebrou sua primeira missa no Santuário Basílica de São Sebastião.

GALERIA DE FOTOS

Fotos: Kaká Gusman

 

clear