23 de outubro de 2018

Primeiro Encontro de Jovens com Cristo na Basílica foi sucesso absoluto

Com a exitosa realização na Tijuca, o Vicariato Norte ganhou mais um núcleo do movimento EJC

cruz 2

1º EJC na Basílica: opiniões unânimes acerca do sucesso do evento.

Emilton Rocha / Fotos: Divulgação

Há cerca de um ano, o jovem Frei Geilton José Nunes Gomes (OFMCap), recém-chegado ao Santuário Basílica de São Sebastião dos Frades Capuchinhos, era designado pelo reitor Frei Arles Dias de Jesus, para trabalhar com a juventude paroquial.

Na bagagem, uma aspiração: implantar o Encontro de Jovens com Cristo (EJC) na paróquia. Com esse desejo no coração, o frade levou 5 jovens da Basílica para participar do EJC em sua paróquia de origem em Duque de Caxias, a Paróquia Santa Cruz. Posteriormente, ele levou mais 7 jovens à Paróquia Nossa Senhora da Paz, em Ipanema. De lá, voltaram entusiasmados e dispostos a colaborar com Frei Geilton na implantação da EJC na comunidade.

Abraçado pelo reitor, o projeto começou a tomar forma e no mês de julho os capuchinhos começaram a organizar o evento.

cruz 3

A cruz humana formada pelos participantes.

“Você está preparado para viver a melhor experiência da sua vida?” Foi com esta pergunta que os capuchinhos fizeram o primeiro chamado em julho, endereçado a jovens entre 17 e 35 anos de idade para que se inscrevessem no EJC cujo tema foi “O teu amor me conquistou, Senhor”.

O EJC tem como motivo único levar Cristo aos jovens, dando a eles oportunidade de verem e sentirem o mundo sob o prisma do amor de Deus. “É um projeto que tem como intuito motivar a juventude da Basílica” – disse à época Frei Geilton que esteve à frente do projeto. Do total de inscritos, foram selecionados 60 para essa vivência maravilhosa.

Após três meses de trabalho, com a ajuda dos grupos e dos movimentos pastorais da igreja e de muitos benfeitores, foi realizado nos dias 20 e 21 de outubro o 1º Encontro de Jovens com Cristo.

Com a exitosa realização na Tijuca, o Vicariato Norte ganhou mais um núcleo do movimento EJC. O evento contou com a participação de 120 jovens encontreiros: dos EJC da paroquia Santa Cruz, em Duque de Caxias, da paróquia Nossa Senhora da paz, em Ipanema e de Nossa Senhora da Divina Providência, no Jardim Botânico, além de 60 jovens encontristas.

As opiniões foram unânimes em afirmar que o encontro foi um sucesso, com muita disposição e animação, além da belíssima participação dos encontreiros (jovens que trabalharam no encontro) e dos encontristas (jovens que fizeram o encontro).

No encerramento, que transcorreu durante a  missa das 19h30 de domingo, 21, entre todos os agradecimentos teve um especial para Frei Geilton (o ‘frei da juventude’), pela iniciativa, e para Frei Pablo Marcos e Frei Rafael Kruger pelo engajamento e disponibilidade em colaborarem com a realização encontro. Frei Geilton mostrou-se satisfeito desde a receptividade que todos os jovens tiveram dos paroquianos, e entre eles mesmo, até ao grande sucesso que foi o EJC.

“Animar a juventude é pensar numa Igreja sempre viva, mantendo acesa a chama da esperança. Os jovens não são apenas o futuro da igreja, são também o presente.”,  disse o capuchinho.

“A resposta ao chamado de Deus é pontual, devemos estar sempre prontos a dizer sim. E é isso que vejo nesses jovens que ganhamos nesse EJC: um desejo profundo de servir e corresponder ao amor de Deus que alcançou seus orações”, concluiu.

Segundo Frei Geilton, a próxima edição do Encontro de Jovens com Cristo será no primeiro semestre do ano que vem, em data ainda a ser escolhida.

clear