Nesta primeira sexta-feira do ano, milhares de fiéis receberam a bênção dos frades capuchinhos. Essa tradicional bênção acontece em toda primeira sexta-feira de cada mês no Santuário Basílica de São Sebastião dos Frades Capuchinhos, situado na Tijuca, bairro da Zona Norte do Rio, mas a bênção da primeira sexta-feira do ano é considerada muito especial. Foram celebradas quinze missas durante todo o dia. A presença de crianças foi destaque na edição 2019.

A bênção dos capuchinhos teve início em 1886. Naquela época, Frei Fidélis de Ávola, um fervoroso devoto de Nossa Senhora de Lourdes, curado de uma grave enfermidade com água benta, mandou construir uma gruta dedicada à santa, ao lado da então Igreja de São Sebastião, localizada no Morro do Castelo, centro do Rio.

">
4 de janeiro de 2019

Milhares de fiéis são abençoados pelos capuchinhos na primeira sexta-feira do ano

A primeira missa foi celebrada às 5h da manhã e a última 19h, num total de quinze

DSC_3849 (Copy)Por Emilton Rocha – Pascom

No dia de ontem, primeira sexta-feira do ano, milhares de fiéis receberam a bênção dos frades capuchinhos. Essa tradicional bênção acontece em toda primeira sexta-feira de cada mês no Santuário Basílica de São Sebastião dos Frades Capuchinhos, situado na Tijuca, bairro da Zona Norte do Rio, mas a da primeira sexta-feira do ano é considerada especial, como disse a dona de casa Luíza Aldiani, moradora do Estácio: “Sempre que posso venho receber a bênção primeira sexta-feira de cada mês, mas a bênção da primeira sexta-feira do ano para mim é especial e não perco jamais, pois me traz muita energia para começar bem o ano novo, agradecer as graças alcançadas no ano anterior e pedir muita luz”.

Milhares de pessoas passaram pela Basílica ontem. A primeira missa foi celebrada às 5h da manhã e a última às 19h, num total de quinze. A bênção dos frades, também conhecida como ‘bênção dos barbadinhos’, hoje é patrimônio cultural carioca, assim como a procissão da festa de São Sebastião, realizada no dia 20 de janeiro.

sitePresença de crianças foi destaque

A primeira sexta-feira do ano teve a presença de crianças de todas as idades que, no colo ou no ombro dos pais, vibravam quando a água benta aspergida por um frade os atingia. Alegria total.

A bênção dos capuchinhos

De acordo com a história, tudo teve início em 1886. Naquela época, Frei Fidélis de Ávola, um fervoroso devoto de Nossa Senhora de Lourdes, curado de uma grave enfermidade com água benta, mandou construir uma gruta dedicada à santa, ao lado da então Igreja de São Sebastião, localizada no extinto Morro do Castelo, centro do Rio. A partir de então, os freis franciscanos capuchinhos passaram a dar a benção sempre na primeira sexta-feira de cada mês.

Com o tempo, o número de fiéis foi aumentando juntamente com a crença de se começar bem o novo ano abençoado por Deus, com essa benção especial na primeira sexta-feira de janeiro. Ainda de acordo a história, a partir da transferência da Igreja do Morro do Castelo para a Rua Haddock Lobo, 266, na Tijuca, em 1931, a bênção passou a ser dada no atual Santuário Basílica Menor de São Sebastião.

GALERIA

Para ampliar, clique 2 vezes na miniatura.

clear