7 de julho de 2018

Com Calendário Religioso, Frei Renato Moreira encerra a Semana de Formação Litúrgica

Evento realizado pela Basílica foi muito proveitoso, segundo relatos de participantes

IMG_7913 (Copy)

SEMANA DE FORMAÇÃO LITÚRGICA: “Evento muito importante para aqueles que frequentam as missas dominicais e participam de comunidades de fé ”

Emilton Rocha / Pascom

O Ano Litúrgico começa e termina quatro semanas antes do Natal, tendo como base as fases da lua e compõe-se de dois grandes ciclos: o Natal e a Páscoa. São como dois polos em torno dos quais gira todo o ano. O Natal tem um tempo de preparação, que é o Advento, e a Páscoa tem também um tempo de preparação que é a Quaresma. Ao lado do Natal e da Páscoa está um período longo, de 34 semanas, chamado Tempo Comum. O Ano Litúrgico começa com o Primeiro Domingo do Advento e termina com o último sábado do Tempo Comum, véspera do Primeiro Domingo do Advento.

Foi com essa explanação que Frei Renato Moreira deu início à sua palestra sobre o tema “O que é o Ano Litúrgico”, sobre o qual foi convidado a falar na Semana de Formação Litúrgica (2 a 6 de julho), realizada pelo Santuário Basílica de São Sebastião dos Capuchinhos. Os outros tópicos foram defendidos pelo padre Aldo do Souto Santos (“O protagonismo do leigo na Igreja”), Frei Adriano Borges de Lima (“O protagonismo do leigo na Liturgia”), e a cantora, educadora musical e religiosa Marcela Siesler (“A música no ano litúrgico”).

Frei Renato é bacharel em Teologia pelo Instituto Teológico Franciscano, de Petrópolis, e em Filosofia pela Faculdade de São Bento (RJ). Ele falou sobre o Ano Litúrgico, que contém as datas dos acontecimentos da História da Salvação e que não coincide com o ano civil, que começa no dia primeiro de janeiro e termina no dia 31 de dezembro.

Qual a importância deste evento para a formação litúrgica?

Frei Renato – Para aqueles que fazem algum tipo de trabalho na Liturgia de forma mais direta ou tanto aqueles que frequentam as missas dominicais e participam de comunidades de fé, o evento é muito importante porque os ajuda a se situar dentro desse mistério da vida do próprio Jesus. Celebrar os acontecimentos da vida de Cristo, significa percorrer com ele cada etapa que o Ano Litúrgico nos oferece, isto é, através da vivência desses mistérios: Tempo do Advento, Tempo do Natal e o Tempo Comum.

O que significa o Ano Litúrgico?

Frei Renato – O Ano Litúrgico está compreendido dentro do Mistério Pascal de Cristo. Todo o Ano Litúrgico gravita em torno desse mistério: o da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus. Através do Ano Litúrgico nós mergulhamos nos sinais e nos mistérios da sua vida. Este ano é celebrado por meio do Tempo do Advento, Tempo do Natal e Tempo Comum, que tem o seu ápice no próprio Tríduo Pascal. Portanto, o Ano Litúrgico é todo o mistério da vida de Cristo, o qual celebramos nos 365 dias do ano.

O Ano Litúrgico é o calendário da Igreja Católica?

Frei Renato – É o calendário religioso. Nesse sentido, ele difere do chamado ano civil, porque no ano civil são celebradas as datas comemorativas, os acontecimentos da pátria e do mundo. Quando falamos do Tempo Litúrgico, enquanto calendário religioso, nele celebramos todos os acontecimentos referentes à vida de Jesus Cristo, ou seja, toda a sua ação, lembrando sempre de voltarmos para a realidade da sua dinâmica pascal.

A Semana de Formação Litúrgica foi muito proveitosa para integrantes das pastorais, movimentos e demais participantes, segundo depoimentos. Que assim seja.

GALERIA

Para ampliar, clique 2 vezes nas miniaturas.

clear