Apesar da chuva e do frio na manhã de domingo, centenas de cariocas e paraenses radicados no Rio de Janeiro lotaram o Santuário Basílica de São Sebastião para receber, pela 11º ano seguido, a Imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré que visitou a Cidade do Rio de Janeiro de 2 a 4 de agosto.

">
5 de agosto de 2019

Imagem peregrina da Virgem de Nazaré é recebida calorosamente na 11a visita à Basílica

Cartaz da festa do Círio de Nazaré em 13 de outubro na Tijuca foi apresentado ao público; camisetas personalizadas já estão à venda na lojinha de artigos religiosos

DSC_0428a

Presença da imagem da Rainha da Amazônia emocionou os fiéis que enfrentaram frio e chuva para recebê-la.

Emilton Rocha / Pascom

Apesar da chuva e do frio na manhã de domingo, centenas de cariocas e paraenses radicados no Rio de Janeiro lotaram o Santuário Basílica de São Sebastião para receber, pela 11º ano seguido, a Imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré que visitou a Cidade do Rio de Janeiro de 2 a 4 de agosto, ocasião em que percorreu a região que abrange a Arquidiocese do Rio, comunidades paroquiais, instituições religiosas e no Centro de Tradições Nordestinas. Foi organizada uma variada programação, com celebrações missionárias e eucarísticas e mini-círios. Este ano, o Círio de Nazaré tem como tema: “Maria, Mãe da Igreja”.

Muito além da grande procissão que percorre as ruas de Belém no segundo domingo de outubro, reunindo mais de dois milhões de fieis, o Círio de Nazaré, como grandioso espetáculo de fé e devoção, é um conjunto de manifestações religiosas que faz parte da vida dos paraenses há mais de 200 anos. A festa do Círio de Nazaré, em devoção a Nossa Senhora de Nazaré, é a maior manifestação religiosa Católica do Brasil, realizada anualmente em Belém do Pará, e um dos maiores eventos religiosos do mundo, que reúne cerca de dois milhões de pessoas em todos os cultos e procissões. No Rio de Janeiro, especificamente no calendário anual do Santuário Basílica de São Sebastião dos Frades Capuchinhos, a festa do Círio na Tijuca é a terceira em número de devotos, só ficando atrás da Festa de São Sebastião (20 de janeiro) e da Bênção dos Capuchinhos (na primeira sexta-feira do ano).

cartaz do cirio 2019

O cartaz da festa do Círio na Tijuca

No domingo, trazida pelo Cardeal Orani Tempesta, a Imagem da Rainha da Amazônia chegou na berlinda, por volta das 11h. A comitiva que a trouxe é formada por membros da Diretoria da Festa de Nazaré e da Guarda de Nazaré. A peregrinação no Rio é realizada desde 2009, por uma iniciativa do Cardeal Orani João Tempesta, que já foi arcebispo de Belém do Pará, entre 2004 e 2009.

Ao receber a Imagem do cardeal, Frei Arles Dias de Jesus, ministro provincial, conduziu-a em direção ao altar – passando entre os devotos que cantavam e acenavam com bandeirinhas amarelas – onde foi colocada em nova berlinda para a celebração da Missa Solene.

Segundo Frei Arles, as visitas anuais da Imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré representam o fortalecimento da nossa fé. “Uma festa para o povo carioca essa alegria que o Cardeal Orani traz para nós celebrarmos nesses anos”.

Ao final da celebração, foi apresentado o cartaz da festa do Círio de Nazaré, na Tijuca, que acontece simultaneamente à festa no Belém no dia 13 de outubro. De autoria de Frederico Pereira de Araújo, a arte representa, primeiramente, o tema escolhido na capital do Pará: “temos a intenção de ser uma igreja que vive em unidade, pois todo o nosso trabalho é para o louvor e honra de nosso Senhor, auxiliado por sua mãe”, disse.

camiseta

A camiseta 2019

Segundo, o cartaz tem sempre como objetivo trazer traços que fazem referência à tradição do Círio nesta cidade e, em especial, nesta igreja, por isso ao fundo temos a imagem de nosso presbitério e sua cúpula. “Por último, temos Maria no centro cercada por anjos. Queremos destacar que a Mãe de Deus é o modelo e a figura da Igreja, na ordem da fé, da caridade e da perfeita união com Cristo, como já ensinava santo Ambrósio, e assim como os anjos contemplam Maria, nós também devemos contemplar esse modelo e junto com ela aprender o verdadeiro caminho que nos leva a Deus”, conclui o artista.

As camisetas para a grande festa já estão à venda na lojinha de artigos religiosos, situada no pátio da Basílica, ao lado da lanchonete.

 

clear